Translate

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Assassino de servos de Deus

Introdução:Assistindo um recente capitulo da mini série REI DAVI, um ato de muita maldade me despertou a atenção que ao ler a história de Davi na biblia por varias vezes me passou despercebido. Como pode um ser humano assassinar homens de Deus sem dó nem piedade? Peguei minha bíblia para ler atentamente o capitulo 22 de I Samuel. Veja a historia a seguir.
O significado do seu nome é:Timido, inseguro, ansioso. Ele era homem da alta confiança do rei Saul – chefe de seus pastores (capataz)
Realata-nos a bíblia em I Samuel 21 e 22, que Davi estava se escondendo de Saul e foi buscar ajuda em Nobe, terra dos sacerdotes (escola de profetas). Para conseguir essa ajuda, Davi mentiu que estava a serviço do rei. Mesmo desconfiado, Aimeleque, (chefe dos sacerdotes, sumo sacerdote bisneto do sacerdote Eli), lhe forneceu a ajuda, dando a ele a espada de Golias e pão consagrado. Nesse mesmo local, também estava um servo de Saul, Doegue. Este relatou a Saul o ocorrido que mandou chamar Aimeleque para questioná-lo.
Como retaliação Saul mandou seus oficiais matarem a Aimeleque e a toda sua casa. Os oficiais temeram erguer a mão contra os sacerdotes, então Saul então mandou que o próprio Doegue matasse todos eles e capataz de Saul o fez. Assassinou os sacerdotes e também suas familias, nem os bebês de colo escaparam deste homem sem temor a Deus. Apenas um, dentre 85 sacerdotes, ). Conseguiu sobreviver seu nome era Abiatar, o qual fugiu para Davi e foi por ele acolhido e protegido (1Sm 22.20-23). Por meio dele Davi tomou conhecimento do ocorrido e, posteriormente, escreveu o salmo em questão. Nele, temos a oportunidade de notar certas características do homem que se vangloria do mal que faz.

Quando mentimos, acreditamos quase sempre que isso não fará mal a ninguém. Mentir é pecado e o pecado, mesmo sendo individual, pode gerar conseqüências coletivas. A conseqüência do pecado de Davi foi a morte de quase todos os sacerdotes.(mas este é assunto para outro post’s). Mas não se trata do pecado de Davi, meu objetivo é explorar outro ensinamento desta passagem… vejamos!!!!!!!
Ao observarmos a origem desse episódio, percebemos que teve inicio e fim em Doegue. Foi ele o informante de Saul e foi também o assassino dos sacerdotes e profetas de Deus. Perceba em Doegue as caracteristicas abaixo:
1) Completa falta de temor a Deus – assassinou os homens de Deus, agindo perversa, fria e covardemente.
2) A segunda característica é a promoção do prejuízo alheio. Para um homem assim, ninguém pode ser obstáculo para a concretização dos seus desejos. Sob esse modo de ver a vida, as pessoas são descartáveis e, assim, podem ser prejudicadas sem que o homem perverso se sinta constrangido por suas malignas ações.
3) A terceira característica é o apego natural à maldade. A atitude destruidora de Doegue parece não ter sido apenas um fruto de uma oportunidade, mas o ato de externar algo que se dava em seu íntimo. Seu coração era mal. Para Doegue não foi grande coisa fazer o que nem mesmo a guarda de Saul quis fazer, a saber, assassinar os sacerdotes do tabernáculo de Deus. O assassino naturalmente preferia o que era mal.
Conclusão: Já expliquei no inicio do post’s que Doegue quer dizer “ANSIOSO”. Muitas vezes permitimos que a ansiedade conduza nossas vidas. É normal termos sonhos e projetos. Aliás, o próprio Senhor é um grande sonhador e projetista, contudo quando a ansiedade ingressa em nossos desígnios futuros, perderemos o contato com a presente voz profética de Deus, distanciando-nos, assim, das bênçãos que Ele tem para nós. Precisamos crer que o Senhor é SOBERANO e permitir que Ele tenha todo controle das nossas vidas. Não sejamos ansiosos, mas lancemos toda ansiedade sobre o Senhor, porque ELE tem cuidado de nós IPe 5:7.

Um comentário:

  1. Parabéns querida, por nos passar os "detalhes" desta história. Beijão

    ResponderExcluir